Notícia

ACIBa busca ajustes no projeto que irá mudar a cobrança do IPTU em Bagé

26 de Outubro de 2021

O Projeto de Reforma Tributária que modificará a equalização do cálculo da cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) está sendo amplamente debatido pelos representantes da Associação Comercial e Industrial de Bagé (ACIBa).
A Associação apoia a revisão da base de cálculo dos imóveis situados no município e atualização da Planta Genérica de Valores (PGV), porém, há várias semanas, vem unindo forças e buscando diálogo com as esferas públicas, executivo e legislativo, em defesa da melhor distribuição das alíquotas para evitar uma sobrecarga tributária para a comunidade. 
Na segunda-feira, o presidente da ACIBa, Ricardo Souza esteve reunido novamente com o secretário de Economia, Finanças e Recursos Humanos, Cristiano Ferraz, e agora com os vereadores Ramão Bocão, Omar Ghani e Cleber Zuliani Carvalho para tentar ajustar e entender um pouco mais sobre os cálculos, alíquotas e o impacto em cada parcela dos contribuintes.
A entidade defende que seja feita uma melhor distribuição das alíquotas, e que o cálculo seja linear, com um índice razoável até que a economia se reerga. "Existe uma grande preocupação das entidades, que se for mantida a última proposta apresentada, o impacto que causará na economia será extremamente prejudicial para classe produtiva", reforça Souza.   
Conforme prometido pelo prefeito Divaldo Lara, a ACIBa e demais entidades, novas reuniões serão marcadas com o gestor municipal antes que o projeto de lei vá à votação na Câmara.

Galeria de Imagens


Outros posts recentes