Notícias

Solicitação da revisão do aumento da taxa dos alvarás foi acatada pela Prefeitur

Por: Viviane Becker - 13/4/2018 às 0:00

Solicitação da revisão do aumento da taxa dos alvarás foi aceita pela Prefeitura

Desde o início do ano, quando tomou conhecimento dos aumentos das taxas, a diretoria da Associação Comercial e Industrial de Bagé, vem realizando reuniões, tratando com o poder público a revisão destes reajustes, fazendo pronunciamentos em rádios e jornais.

Na terça-feira 13/03, o chefe do executivo, Divaldo Lara participou do jantar de abertura das atividades da ACIBa, onde promoveu uma prestação de contas, referente ao trabalho realizado frente à gestão municipal no último ano. Na ocasião, diante do questionamento feito pela entidade, sobre os expressivos aumentos que ocorreram, como por exemplo, o alvará de funcionamento das empresas, registrando mais de 300% em alguns casos, sendo essa, a taxa que sofreu a mais elevada majoração. Na ocasião o prefeito se colocou a disposição para dialogar com a classe empresarial.

Assim, a ACIBa em defesa dos interesses do empresariado, deu continuidade as negociações solicitando a revisão do aumento das taxas, sugerindo, que os valores fossem ajustados a um patamar tolerável, que pudessem ser arcadas pelo setor produtivo.

A iniciativa contou com o apoio do Sindicato do Comércio Varejista de Bagé- Sindilojas; Câmara de Dirigentes Lojistas- CDL; Sindicato dos Contabilistas de Bagé; Ordem dos Advogados do Brasil- Subseção Bagé; Conselho Regional de Contabilidade- Escritório Regional de Bagé e Conselho Bageense da Mulher Empreendedora - COBAME.

Acordo com o Governo Municipal

Nesta semana, o prefeito Divaldo Lara esteve reunido mais uma vez, com a comissão nomeada para tratar do assunto composto por Patrique Nicolini Manfroi, Ricardo Souza e Pedro Ernesto Capiotti Obino. No último encontro, na segunda-feira, ao chefe do executivo aceitou a proposta da ACIBa. Ficou acordado o que a taxa poderá ser parcelada em até cinco vezes, ou se preferir o contribuinte poderá quitar o valor com desconto de 20% no pagamento à vista. Para quem já efetivou o pagamento do alvará, haverá devolução de créditos, de 20% do valor, que poderá ser utilizado para renovações futuras ou encontro de contas de outras dívidas, que por ventura tenham com a prefeitura.

O prefeito mencionou que o acordo entre as entidades e o poder público, foi feito com muito diálogo. Ele agradeceu a gestão inteligente, madura e eficiente realizada pela diretoria da ACIBa, com apoio das demais entidades. "O acordo com a prefeitura foi construído com muito dialogo, com respeito, com entendimento. Isso comprova que quando o poder publico e aqueles que trabalham no privado, dialogam, as questões da nossa cidade acabam convergindo pelo bem comum, para o entendimento e para o crescimento em conjunto", declarou o prefeito. O chefe do executivo reviu a decisão que havia sido tomada pela prefeitura, e levando em consideração todos os argumentos e ponderações da entidade, acabou convergindo na proposta feita pela ACIBa.

Em seu pronunciamento, o presidente da ACIBa, Frank Minotto comentou que o poder público funciona melhor quando ouve as entidades. "Acreditamos que a comunicação é a melhor forma de agir. Não foi o que esperávamos, mas sabemos das dificuldades enfrentadas pela prefeitura. Mesmo não sendo o ideal, o acordo atendeu as demandas de ambas as partes. Outro grande ganho foi a manutenção desta comunicação com o poder público", concluiu.

Criação de um Conselho da Cidade

O prefeito durante a coletiva voltou a falar sobre a constituição de um Conselho da Cidade. Lara garantiu que a Associação Comercial será convidada a integrar esse conselho, que terá pautas específicas, reunindo as principais lideranças do município, para dialogar previamente sobre diferente assuntos que repercutem na comunidade.